Aqui vou escrever o que me vai na alma...
Sábado, 29 de Agosto de 2020
...



publicado por blogando-me1 às 20:21
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 19 de Março de 2020
Choro

Choro …
Choro porque quero …
Choro porque preciso chorar …
Choro porque sinto falta, daqueles que já não tenho e já não os posso Abraçar …

Choro …
Choro porque estas lágrimas a saber a sal, teimam em sair …
Choro porque chorar faz bem, desafoga a alma …
Choro porque a dor sai nestas cascatas salgadas …

Choro …
Choro porque me apetece …
Choro pelo simples prazer de chorar …
Choro porque tenho vontade, quem escreveu que chorar faz mal?

Choro …
Choro porque descobri que o amigo que pensava ser fiel, é cruel …
Choro porque as pessoas mentem e maltratam quem dizem amar …
Choro pela verdade desaparecida e esquecida …

Choro …
Choro porque novos amigos encontrei …
Choro porque descobri que com eles eu posso contar …
Choro porque Deus fecha a porta, mas a janela da esperança, abre de par em par …
Choro porque os amigos fiéis e verdadeiros estão aqui …

Choro …
Choro porque quero chorar …



publicado por blogando-me1 às 21:07
link do post | comentar | favorito

desespero
Respiro fundo. Conto, pausadamente, em ordem crescente, até me acalmar. Às vezes não sustenho as lágrimas que teimam em deslizar-me face abaixo e não controlo a voz embriagada da dor que sinto. E penso para mim que por mais que diga, tu não ouves, por mais que cale, tu não sentes, por mais que peça, tu não atendes, por mais que exista, te é indiferente, talvez se eu desaparecesse, nem desses conta, nem desses pela minha falta, talvez nem me queiras mais, tu não dizes, só dizes que me amas, só gritas, só me afastas de ti e dizes que sou eu que te afasto de mim, talvez seja, já nem sei, sinto-me perdida, quero afastar-te e não consigo, quero aguentar estes dias e ver-te e abraçar-te, quero preservar alguma da sanidade que ainda me resta, tu esgotas-me as forças e sugas-me a alma, deixo de ser eu, não porque queira, mas porque me forças a isso, quando tento ser eu, tu não deixas, se te ligo, é porque àquela hora ou estás a dormir ou estás a conduzir ou estás a trabalhar, se não ligo, é porque já não quero saber, e se digo, é porque digo, porque insisto, e se calo, é porque amuo, e às tantas já não sei, não sei, as palavras que te posso dizer, as que tenho de calar, e às tantas já não posso ser, não posso, aquilo que sou, tu apagas-me a essência, procuras fazer-me quebrar, vergar-me a ti e à tua vontade, mas não, não, eu ainda existo sem ti, pode doer, pode magoar, pode demorar, mas se for caso disso, se precisar disso para sobreviver, por mais que me custe, virar-te-ei costas e irei em busca das forças que me esgotaste.


publicado por blogando-me1 às 14:30
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 13 de Março de 2020
Piropos de Trolha........

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1. Com um cu desses estás convidada para cagar em minha casa!

2. A tua mãe só pode ser uma ostra para cuspir uma pérola como tu!

3. Só queria que fosses uma pastilha elástica para te comer o dia todo.

4. Tens um cu que parece uma cebola! É de comer e chorar por mais!

5. Oh boa, com um cú desses deves cagar bombons!

6. És como um helicóptero: gira e boa!

7. Um dia pensei levar-te no meu coração.Mas depois topei que era muita areia para o meu camião...

8. Usas cuecas TMN? É que tens um rabinho que é um mimo!

9. Que belas pernas! A que horas abrem?

10. Ó Fevera! Junta-te aqui à brasa!

11. Ó joia! Anda aqui ao ourives.

12. Ó linda, sobe-me à palmeira e lambe-me os cocos...

13. Sabes onde ficava bem essa tua roupa? Toda amarrotada no chão do meu quarto...

14. Acreditas em amor à primeira vista; ou tenho que passar por aqui mais uma vez?

15. Contigo filha, era até ao osso!

16. Quem me dera que fosses um frango para te pôr um pau no cú e fazer-te suar...

17. Quem me dera que fosses um carrossel para te montar o dia todo por 100 paus...

18. Não és nada má! Já tive pior e a pagar!

19. Oh boa! Aposto que hoje é o teu dia de anos... Não queres vir cá soprar na vela?

20. Oh boa! Até te fazia um vestidinho de saliva!

21. Quem me dera ser um barco pirata para ir descobrir o teu tesouro!

22. Andas na tropa?!... É QUE JÁ MARCHAVAS!

23. Sobe aqui ao andaime, que eu já estou com ele montado!

24. Ó filha anda cá que o pai unta-te!

25. Tanta carne e eu em jejum...

26. Gorda como estás vê-se logo que nao suas muito...

27. Se o teu cu fosse uma torrada tinha de barrar a manteiga com um remo!

28. Contigo... era até achar petróleo!

29. És católica?... É que tens umas mamas, valha-me Deus!

30. Posso não ser bonito como o Brad Pitt, nem ter os músculos do Scwarzenegger, mas a lamber sou uma Lassie...

31. Se é verdade que somos o que comemos, eu amanhã podia ser tu!

32. Come to me, que eu como-te a ti...

33. Com uma montra dessas... imagino como é que é o armazém!

34. Olha, queres ir lá a casa para ouvir música? Se depois não gostares da música, podes vestir-te e ir embora

 



publicado por blogando-me1 às 18:14
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 5 de Fevereiro de 2020
Sentimento

 

 
 
Tenho tanto sentimento
Que e' frequente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é
pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que
pensar.

Fernando Pessoa


sinto-me:

publicado por blogando-me1 às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2014
Em busca da paz......

Infelizmente, a minha familia faz parte do rol de familias separadas por conta da imigração. Já a caminho dos 6 anos que esta situação se mantém. Na altura, o marido era novo demais para a reforma, velho para qualquer tipo de emprego e se aparecia algum, era nas condições mais degradantes que se possa imaginar. Sim, tivemos oportunidade de emigrar no começo de vida a dois, mas na altura decidimos não o fazer, pois a filhota era pequena e queriamos que crescesse no país que a viu nascer. Algum dia nos passaria pela cabeça, que com esta idade o nosso país nos mandasse embora???? Revolta-me ver este governo a enterrar cada vez mais o meu país. Revolta-me ver todos os dias cortes e mais cortes nos vencimentos. Revolta-me saber todos os dias de histórias de pessoas que estão em vias de não ter o que dar de comer aos filhos. Revolta-me que os cães grandes continuem a encher os bolsos e a levar a vida na boa. Revolta-me ver todos os dias gente a entrar no país, não sou contra, pois os nossos vão por esse mundo fora para trabalhar e dar no duro, não vão para viver às custas de ninguém, mas custa-me que sem eu saber e porque algum iluminado se lembra, eu ganhe uma porrada de filhos para sustentar. Revolta-me que os meus filhos tenham crescido sem o pai por perto. Revolta-me que o pai tenha perdido aqueles momentos especiais. Revolta-me que como casal, tenhamos de estar a milhares de km de distância. Tanta coisa que me revolta, que se fosse a partilhar tudo, isto dava pano para mangas. Com dois filhos a estudar qual será o futuro deles???? Honestamente já os vejo a imigrar, para meu desgosto. 

Aquilo que ainda me vai dando alento para continuar esta caminhada sozinha, é que um dia, quando já for velhinha e mesmo que a mísera reforma que possa vir a receber, é que vou ter o meu companheiro à minha beira, para pelo menos termos uma velhice tranquila.

Ai meu país, no que é que te transformaram esses merdosos que te governam........


sinto-me: triste e revoltada

publicado por blogando-me1 às 21:34
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 15 de Outubro de 2013
...

Eu Funcionária Pública me confesso....

Corria o ano de 1995, quando recebo uma carta do Ministério da Educação para me apresentar no Cae de Braga, dia 27 de Setembro ( a dita carta chegou 3/4 dias antes)... depois de ir tirar dúvidas com quem sabia dos procedimentos e de muito conversar em casa (tinha uma filha com 5 anos) lá me fui apresentar. Na altura o que iria ganhar e que era o de base da fp não chegava aos 50 e poucos contos..... Note-se que não fui obrigada, fui porque assim o decidi e porque pensei no futuro da minha filha. Foram tempos duros, longe da família, a sustentar 2 casas, viagens e mais viagens, mas sempre com a esperança que conseguisse ficar mais perto de casa. Assim aconteceu, fiquei a cerca de 18 km de casa, com as consequentes viagens diárias, até que veio o 2º filho e aí consegui mesmo ficar ainda mais perto de casa. Naquela altura era um "orgulho" ser fp..... hoje passados 18 anos olho para trás e penso se terá valido a pena os sacrificios.... Funcionário Público neste momento é lixo..... acontece algo e a culpa é do fp.... é preciso cortar, corta-se no vencimento do fp.... é preciso despedir, despede-se o fp..... 

Vem isto a propósito de uma carta que hoje por acaso voltei a ler, mas que já tem uns tempinhos e que de certeza alguns de vocês já leram, o "vão-se foder", mas que hoje e depois de alguns comentários lidos, fiquei furibunda com tanta merda que por ali se comentou.
Alguém me consegue explicar o porquê de o privado estar sempre a malhar no funcionário público??? Ora vejamos então, tenho ADSE, tenho mas pago todos os meses e de certeza absoluta que nunca dei prejuízo ao estado com as minhas doenças, graças a Deus. Armações e lentes, só mesmo quando necessário, pois o meu mísero salário não me permite grandes froskices.... se preciso de 1 simples receita vou buscar mas pago 5 euros, porque não estou isenta, sou fp, já a maioria do privado é isenta desta taxa... 
Tenho uma filha a estudar na Universidade, mas como a mãe é fp, não tem direito a bolsa de estudo, acontecendo o mesmo com o meu filho..... Mas não é a minha filha, que por acaso é filha de uma fp que se desloca em carros de alta cilindrada e com direito a telemóveis topo de gama e como se não bastasse com direito a bolsa de estudo, porque os paizinhos trabalham no privado e são pobrezinhos. É que a diferença está em que o fp não consegue esconder o mísero ordenado das finanças, mas o privado só declara o que lhe convém.... A diferença é que a minha filha trabalha para poder ajudar nos estudos dela, para um dia mais tarde este país lhe dar um chuto no traseiro e a mandar emigrar....
Isto é só um pouco da diferença entre público/privado..... Se mais alguém quiser acrescentar alguma coisa, sinta-se à vontade, mas por favor não batam mais no ceguinho, fp é um ser humano como outro qualquer e já agora e só para terminar, sou funcionária pública e o meu vencimento milionário é de 560 e poucos euros......
Apetece-me mesmo dizer VÃO-SE FODER..... (sem ofensa para ninguém)



publicado por blogando-me1 às 11:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 4 de Junho de 2013
Desistir ou não...... eis a questão....

 

Já por diversas vezes dei por mim a ter a tentação de apagar o blog, mas depois releio tudo o que aqui foi escrito e comentado e acabo por desistir. Tenho saudades dos tempos em que este blog servia para os meus dasabafos, as minhas dores, as minhas alegrias e qualquer coisa que eu achasse que devia partilhar convosco. Depois veio o Facebook e muita gente começou a abandonar os blogs. Mea culpa, que eu também por lá me perdi, onde reencontrei amizades que julgava perdidas e que tantas alegrias me trouxeram. Mas onde se continuam a ganhar alguns dissabores, por isso neste momento também me encontro um pouco afastada de lá. Costumo dizer que, tenho vida para além da net, tenho uma familia e tenho os meus amigos em presença fisica. Os últimos tempos também não tem sido nada bons, mas aos poucos estou a ultrapassar tudo o que de mau tem acontecido. Preparo-me para um fim de semana por terras Suiças, porque de vez em quando sabe bem mudar de ares e neste momento, preciso mesmo arejar as ideias. Volto na próxima segunda, espero eu, com as baterias recarregadas. A todos vocês que ainda vão passando por aqui, um grande beijinho cheio de ternura e deixo-vos esta imagem de dias bem felizes. Divirtam-se e até ao meu regresso {#emotions_dlg.blink}

 



publicado por blogando-me1 às 17:28
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Terça-feira, 16 de Abril de 2013
A vida continua....

 

...e é tempo de olhar em frente nesta caminhada para o futuro. Uma vida se foi, outra nova nasceu. Sim, a Carolina chegou cheia de vida e esperança, para alegrar estes últimos dias tão sombrios. Cá por casa faz-se o luto, mas com alguns sorrisos à mistura. Os dia difíceis começam a ficar para trás. Vou aproveitando estes dias de sol e deixo-vos com o novo membro da familia, agradecendo a vossa força e carinho.

 

 



publicado por blogando-me1 às 16:12
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Quinta-feira, 4 de Abril de 2013
...

 

 

Custa sempre dizer adeus àqueles que nos são queridos e amados, mas custa mais ainda saber que por culpa de um carniceiro, mais uma vida se apagou e que esse mesmo carniceiro está indiferente à dor da familia e que façamos nós aquilo que fizermos, ele sairá sempre impune.... até um dia....

Que descanse em paz sogra e que de lá de cima olhe por todos nós..... 



publicado por blogando-me1 às 12:27
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28

30
31


posts recentes

...

Choro

desespero

Piropos de Trolha........

Sentimento

Em busca da paz......

...

Desistir ou não...... eis...

A vida continua....

...

arquivos

Agosto 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

mais comentados
57 comentários
54 comentários
53 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds