Aqui vou escrever o que me vai na alma...
Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2008
Hoje questiono-me....

 

 

 

 

Como toda a gente que tem filhos, sabe, de vez em quando eles pregam-nos uns sustos do "caraças". Hoje e pela segunda vez o meu decidiu pregar-me um daqueles sustos, que por pouco não me dá uma coisinha má. Entretanto fui a farmácia e estou com a tensão a 19/8, o farmacéutico até olhou para mim de lado.

Bem, hoje estava combinado com o Pedro eu sair ao meio dia para nós dois irmos almoçar juntos. Ele ia para casa e esperava lá por mim. Chego a casa por volta das 12.05h e nada de filho. Pensei, deve estar a chegar. Vou a varanda e nada de filho. Bom, vou andando e vou ter com ele. Pelo caminho nada de filho. Vou a escola e a auxiliar diz-me que já não está ninguém na escola. Volto para trás sempre a pensar que nos tinhamos desencontrado no caminho. Ligo-lhe para o telemóvel, 2, 3, 4, 5 vezes e nada de ele atender. Começo a entrar em pánico. Chego a casa novamente e nada de filho. Aí descambei mesmo. Não sei, acho que gritei feita uma doida, a vizinha de baixo quando eu saí veio a correr a porta. Ligo a minha colega aos gritos e ela só me pedia para ter calma. Foi a casa de um colega do meu filho e o outro confirmava que tinham vindo os dois da escola e que o tinha visto entrar no prédio. Ligo a minha irmã e ela vem logo ter conosco. Eu só queria o meu filho. Elas bem tentavam acalmar, mas a dor estava a ser tão grande que eu não conseguia suportar. A minha colega ainda se lembrou que eventualmente ele estivesse na minha mãe. Mas a minha irmã tinha estado lá e não o tinha visto. Fomos a policía, pois entretanto já tinha passado mais de meia hora. Estavamos a formalizar a queixa, os policías a tentar acalmar-me, a comunicarem logo para as diversas patrulhas e eu que não conseguia dizer coisa com coisa. Nisto toca o telemóvel. Era a minha mãe, para me dizer que o meu filho estava lá e que já tinha almoçado.

Bem, o menino tinha-se esquecido do telemóvel em casa, das chaves de casa na escola e como chegou e eu ainda não estava, decidiu ir para casa da avó. Porra, ao menos podia ter-me ligado logo a avisar que o miúdo estava lá.

Ele quando me viu entrou em pánico, só pedia desculpa pelo que tinha feito. Agora acalmei um pouco, mas na hora, passou-me de tudo pela cabeça. Já imaginava aquelas mães que lhes raptam os filhos e que nunca mais os vêm. A dor estava a ser tão grande que nem a consigo descrever.

Hà pouco questionei-me se de facto estou a ser uma boa mãe. Penso que sim, falo quando devo falar com o meu filho, explico-lhe os perigos do dia a dia, recomendo-lhe por tudo que não fale com estranhos, mas coitado, no fundo ele não teve culpa. Chegou da escola, não tinha chaves para entrar, como estava com fome decidiu ir para casa da avó.

Desculpem este desabafo, mas estava mesmo a precisar deitar cá para fora, o que tenho apertado aqui no peito.

Obrigado por me lerem.


sinto-me: um pouco em baixo

publicado por blogando-me1 às 15:10
link do post | comentar | favorito
|

20 comentários:
De Visitante a 13 de Fevereiro de 2008 às 16:36
Sabes qual o aspecto positivo?...

O teu filhote "desenrascou-se", e não se saiu nada mal...

Beijinho
Visitante


De blogando-me1 a 14 de Fevereiro de 2008 às 16:01
Pois, já dei conta que a fome não morre. Mas já de pequeno era assim, quando sentia fome ele ia saber de comer. Obrigado.
Bjs fofos


De Anjos a 13 de Fevereiro de 2008 às 16:37
Ai meu Deus deve ter sido um susto de morte! O que vale é que não se passou nada! Beijinhos


De blogando-me1 a 14 de Fevereiro de 2008 às 15:59
Susto é favor amiga. Senti pânico, senti tanta coisa que nem consigo descrever. Obrigado.
Bjs fofos


De estrelaquebrilha a 13 de Fevereiro de 2008 às 17:30
Imagino a tua aflição, mas o que importa é que acabou tudo em bem.
bj


De blogando-me1 a 14 de Fevereiro de 2008 às 15:58
Nem tem explicação a dor que sentimos. Mas agora já está tudo bem. Obrigado.
Bjs fofos


De Estupefacta a 13 de Fevereiro de 2008 às 17:49
Nem quero imaginar o susto. Nestas alturas só nos ocorrem coisas más. Eu ficaria no mesmo estado do que tu.
Bom, e agora com um sorriso, o miúdo é desenrascado, tal como diz o Visitante. Este é um aspecto positivo a ter em conta.
Porque pensamos sempre e logo no pior? As respostas estão todos os dias nos jornais.
Tens sido impecável e uma excelente amiga. Um grande beijinho


De blogando-me1 a 14 de Fevereiro de 2008 às 15:57
Sim amiga, lá que ele é desenrascado isso é. Mas que também foi um valente susto isso foi. Pelo facto, de uma pessoa ver tanta coisa nos jornais e na televisão é que eu entrei em pânico. E depois estamos tão perto da fronteira, que eu já imaginava mil e uma coisas, por isso a minha reação de ir logo a policía. Obrigado.
Bjs fofos


De mudeidevida a 13 de Fevereiro de 2008 às 17:57
É claro que és boa mãe. Isso nem se questiona. Às vezes não sei o que é que passa naquelas cabeças de vento que fazem coisas que por muito simples que sejam nos põe fora do normal.
Imagino a angustia que deves ter sentido. O desespero. Mas estás mais calma, certo?
Agora agarraste a ele com muittttaaaaaaaa força e dás-lhe o máximo de beijinhos que conseguires. Não muda nada mas ajuda!!


De blogando-me1 a 14 de Fevereiro de 2008 às 15:48
Pois amiga, ele no fundo não teve culpa, a minha mãe é que devia logo ter telefonado a avisar. Mas agora já está tudo bem.
Sabes que me pediu que o fosse buscar mais cedo a escola e depois do jantar, aninhou-se a minha beira no sofá e quando chegou a hora de ir dormir, pediu-me que o fosse por na cama . Obrigado.
Bjs fofos


De mudeidevida a 14 de Fevereiro de 2008 às 18:13
Imagino o teu desespero para ele reagir dessa maneira. Quando o viste pela primeira vez depois do susto, o que é que fizeste?

Ele tambem deve ter ficado preocupado contigo.

Beijokas


De Cristal a 13 de Fevereiro de 2008 às 18:11
Percebi o quanto ainda estavas nervosa quando falamos ao telemóvel, mas ainda bem que não passou de um susto.
Agora tu tens que ter cuidado com essas tensões, não é muito normal andares sempre assim, vê lá se te cuidas ohhhh matarroana.
Beijos cristalinos


De blogando-me1 a 14 de Fevereiro de 2008 às 15:44
Tu melhor que ninguém e porque entretanto falamos sabias a dor que estava a sentir. Não tem exlplicação, aquele momento passa tudo pela cabeça. É mesmo para não recordar mais. Coitada da minha irmã que vai ficar com más recordações do aniversário dela. A tensão já está a normalizar. Ou também já me queres enviar uma coroa de flores ?
Bjs fofos


De sAndRa a 13 de Fevereiro de 2008 às 19:44
que stress... ena. ate eu fiquei preocupada. nao deste umas palmadas ´´a tua mae!!??
podia ter t avisado.

beijus


De blogando-me1 a 14 de Fevereiro de 2008 às 15:40
Pois devia dar umas palmadas amiga, mas na hora uma pessoa esquece tudo. Graças a Deus ele já esta comigo. Obrigado.
Bjs fofos


De Nómada a 14 de Fevereiro de 2008 às 09:25
Calma rapariga e se ele tivesse ido dar uns beijinhos à namorada?
Mãe galinha. Estou a brincar eu sei que nós ficamos em panico eu que não sou nada disso já o fiquei por duas vezes e não quero repetir.

Beijos


De blogando-me1 a 14 de Fevereiro de 2008 às 15:38
Beijos a namorada? Sabes que há dias ouvi uma conversa dele com a irmã, ele dizia : "um colega disse-me assim, estás lixado, a Beatriz, a Bruna e a Rita gostam de ti" , coitado não sabe o que decidir.
Agora a sério, foi um daqueles sustos que não consegues arranjar explicação para a dor que sentes. Obrigado.
Bjs fofos


De mamaepedro a 14 de Fevereiro de 2008 às 10:13
Fogo, até eu fiquei com o coração apertado! Felizmente tudo acabou em bem! Tens um cachopo despachado ;)!!!!

Beijinhos e respira bem fundo...


De blogando-me1 a 14 de Fevereiro de 2008 às 15:34
Pois é amiga, já é o segundo susto deste genéro que ele me dá, só que da outra vez, estavamos num estádio e as portas foram logo todas fechadas. Desta vez, era a porta de casa. Mas Graças a Deus tudo terminou bem. Obrigado.
Bjs fofos


De Just Moments a 15 de Fevereiro de 2008 às 16:06
Eles crescem Amiga..mas foi um grande susto..
nem quero imaginar..

Ai.Pedro..o que fazes à mãe..heheh

Desencascou-se..
Mal entendidos..enfim..

O que importa é que está tudo bem..

Beijinhos


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31



Search Video Codes
posts recentes

Em busca da paz......

...

Desistir ou não...... eis...

A vida continua....

...

Mudança......

Parabéns Pedro

Feliz 2013

Feliz Natal

Parabéns Claudia


Contador site
online
arquivos

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

mais comentados
57 comentários
54 comentários
53 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds