Aqui vou escrever o que me vai na alma...
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007
O Fim

 

 

 

 

 

 

 

 

A tarde estava soalheira, apesar de já estarmos no Outono a temperatura era agradavel. Mas ali, naquele banco do jardim, o corpo dela tremia. Não sabia se era pelas lágrimas que caiam ou se pela raiva que sentia nesse momento.

Na mente passavam os acontecimentos dos últimos tempos. Ela queria ser forte e conter as lágrimas, mas não conseguia. à memória vinha-lhe aquele dia em que finalmente se tinham encontrado. Apesar de ser uma mulher experiente, ia com receio, pois não sabia o que ia acontecer. Sabia que para trás deixava uma outra vida, mas naquele momento ia a procura do desconhecido.

A melhor amiga dela ria-se com a determinação que estava a ter, ao tomar aquela atitude.

- Mas tu ês tão ponderada nas tuas decisões...... sei que tens um espirito rebelde, mas isto???

  Por favor é demais. Tu não o conheces, não sabes o que te poderá acontecer e mesmo assim

  vais???? Ok, se é isso que queres eu estou aqui para te apoiar,

- Não quero saber, vou atras do desconhecido e já esta decidido.

E foi. Naquele dia ela, nem sequer imaginava a volta que a vida dela ia dar.

Quando chegou ao destino, tratou de arranjar sitio onde ficar. Subiu ao quarto e esperou. Lá fora chovia. Ia ser uma noite de temporal.

Ela olhava o relógio e as horas não passavam. Agora estava mesmo a ficar nervosa. Fazia perguntas a si mesma, que sabia que não tinham resposta.

- Já cheguei, mais 5 minutos e estou aí. - Era ele que tinha ligado.

Quando bateram a porta, ela gelou. Como ia ser agora. Finalmente estavam cara a cara e ela não sabia o que dizer, limitou-se a dar-lhe dois beijos na cara.

Conversaram, trocaram uns beijos e ela disse:

- Tenho fome, vamos jantar????

Não era a fome que a preocupava, mas sim o que ia acontecer a seguir.

Eles sabiam o que ia acontecer. Eram dois adultos com desejos e sabiam o que cada um queria.

Depois de terem dado uma volta para descomprimir, regressaram novamente ao quarto e ela estava cada vez mais tensa.

Ela queria-o, desejava-o, mas os valores que tinha sobrepunham-se ao resto.

Ele sabia como ela estava tensa e conversaram mais um bocado. Ele também a queria, toda por inteiro, sem ter nada que se metesse no meio dos dois. Foi paciente e as coisas aconteceram.

Ela sabia que quando se entregasse ia ser de corpo e alma e iam ser um só ser.

Amaram-se como se já se conhecessem há muito tempo, como se ele conhecesse cada cm do corpo nu dela. Pela primeira vez sentiu-se mulher. Senti o prazer que sempre lhe tinham negado e que aquele desconhecido lhe estava a dar.

Afinal, pensou ela, isto era o lado bom de duas pessoas se amarem sem preconceitos. Na mente dela, passava um sinal luminoso de aviso, mas ela não quis saber. O que importava agora era o momento.

Dos olhos dela cairam duas lágrimas que ele secou com carinho.

Aquela noite estava a ser mágica e nada a ia estragar. Afinal, ali, naquele quarto estavam dois desconhecidos, que por momentos se fundiam num só corpo.

Já a madrugada ia longa, quando adormeceram, exaustos, os corpos molhados, mas satisfeitos.

No dia seguinte, quando ela abriu os olhos, viu-o deitado ali ao lado dela, o corpo nu e ela teve vontade de o acariciar. Bem de leve passou-lhe a mão na barriga e ele sorriu.

Depois de um rápido bom dia amaram-se novamente como se fosse a última vez. Para ela tinha sido especial e já nem se importava de mostrar a sua nudez. Ela via nos olhos dele o desejo de a possuir novamente, a vontade de a ter só para ele.

Agora ela estava ali. Naquele banco de jardim, a pensar que dali a dias ia completar-se um ano desse primeiro encontro. O que a vida lhe tinha reservado????? Nada. Simplesmente a solidão. A dor que lhe doia mais que uma facada nas costas. O sentimento de raiva que se apoderava dela, pois tinha dado o que de melhor tinha na vida e agora estava cada um para seu lado. Feitios iguais, pensamentos que chocam, palavras que magoam mais que uma bofetada. Daí a raiva dela, não dirigida a ele, mas sim a ela, por ter sido fraca.

- Porque choras? Estas triste? - perguntou uma criança que se aproximou devagarinho.

- Porque a vida não é como nós queremos. - respondeu ela.

- Se eu te der um abraço e um beijo, deixas de chorar? - perguntou a criança.

Ela pensou que poderia ser filho dela e acenou com a cabeça.

- Sim, prometo que ponho um sorriso nos lábios para ti.

E a criança, depois de um beijo, deu-lhe um abraço bem apertadinho e foi embora.

Sentiu-se outra pessoa com aquele beijo e aquele abraço e pensou que não valia a pena sofrer mais. A vida continua e ela tinha uma vida que valia a pena ser vivida. O que estava para trás, ficava mesmo para trás. Quem sabe um dia não se encontrariam novamente, naquele quarto e iriam saciar a vontade que tinham um do outro.

Levantou-se e muito a custo arrastou-se até casa, mas agora com um sorriso nos lábios.

 


sinto-me: Triste mas em forma

publicado por blogando-me1 às 16:32
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Passo a 15 de Novembro de 2007 às 09:45
ha coisas q sao evitaveis outras nem p isso por mais q queiramos n as conseguimos contornar :)


De olha_por_mim a 15 de Novembro de 2007 às 15:09
Olá minha amiga!!!!
Muito bonito este teu post...
Espero que te sintas melhor...não gosto de te ver triste...
Tens um miminho para ti no meu blog...espero q o recebas com um enorme sorriso...
Beijocas muito grandes


De isa a 16 de Novembro de 2007 às 12:17
Bonito poste não há como uma criança para nos fazer sentir bem.
Bom fim de semana.
Beijocas


De Cristal a 16 de Novembro de 2007 às 14:32
O Fim????
Não sei o que te dizer... quando há um fim, o fim de uma amizade, o fim de um sonho, o fim das palavras trocadas num momento de carinho e paixão, o fim de um amor é doloroso e por muito que nos esforcemos, por muito que demos tudo de nós, temos que saber viver e dar a volta na nossa vida por muito que custe, credo eu a dar conselhos eheheheh nem parece teu Cristalina Manuela
Beijos cristalinos amiga


De sonho a 17 de Novembro de 2007 às 16:04
Boa tarde minha amiga!

tens um miminho no meu blog "sonho recordações"para que possas partilhar com as tuas amizades deste anos que está acabar!
http://memoriasdosonho.blogs.sapo.pt/
Desejo-te em exelente fim de semana.
Beijinhos
sonho


De sonhador a 22 de Novembro de 2007 às 15:38
Boa tarde minha amiguinha!

Já tinha passado por aqui,mas somente para convidar-te para mais um miminho,e claro que não li o post!
Li com muita atenção,e realmente era uma história linda se tivesse um final feliz,mas isto de encontros com desconhecidos,dificimente tem esse final,porque nestas coisas dificilmente encontra-se pessoas iguais.
Nada melhor que uma criança no acalmar de facto,mas só no momento.mas nada como um dia depois do outro!
Beijinhos~
Sonhador


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31



Search Video Codes
posts recentes

Em busca da paz......

...

Desistir ou não...... eis...

A vida continua....

...

Mudança......

Parabéns Pedro

Feliz 2013

Feliz Natal

Parabéns Claudia


Contador site
online
arquivos

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

mais comentados
57 comentários
54 comentários
53 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds