Aqui vou escrever o que me vai na alma...
Terça-feira, 25 de Setembro de 2007
...

 

 

 

 

"Viagem Imprevisível"

Sentados no sofá em frente à televisão, mãe e

filho viam um canal sobre viagens.

Inopinadamente, com a ingenuidade dos seus

cinco anos, o rebento pergunta:

- Mãe, porque eu nunca viajei?

- Mas tu já viajas-te muito meu amor. - responde

a mãe com a sua voz terna.

- Mas não me lembro de ter saido daqui. - Continua

o miúdo.

- Espera um pouco.

A mãe ergue-se do sofá e vai direito a uma

gaveta do móvel da sala. De lá, traz um álbum

de fotografias de grossa lombada. Senta-se de

novo ao lado da criança. Coloca o álbum de

recordações fotográficas em cima das pernas

e enceta em desfolhá-lo vagarosamente.

- Vês aqui esta torre? - Aponta um retrato.

- Sim! - O petiz abana a cabeça

afirmativamente.

- Chama-se Torre Eiffel e tu já

lá estives-te. A cidade chama-se Paris.

- Já lá estive?! Não me lembro. - diz o miúdo

um tanto confuso.

- Sim, não te lembras, mas já lá estiveste. Olha

tu aqui. - aponta orgulhosamente a sua barriga

de grávida.

- Estavas dentro de mim, por isso é que não te

lembras. Paris é uma cidade bela e romântica.....

- O que é "romântica" mãe?

- É uma espécie de combustível para alimentar

o amor. Mas isso agora não importa....

- E quem é este senhor que está agarrado a ti?

- pergunta o rapazito, tentando saciar

a sua curiosidade.

A mãe, ignorando e esgueirando-se

à pergunta do filho, continua a virar as páginas

do álbum de reminiscências.

- Estas a ver estes barcos? Chamam-se

gôndolas e a cidade Veneza. Tu também já lá

estives-te. - aponta de novo a barriga túmida.

- Vês...

- Quando é que eu posso viajar e ver tudo com

os meus olhos mãe? - interrompe o menino.

Com a vista humedecida de saudade e tristeza,

quase a formarem-se lágrimas, a mãe responde:

- Talvez um dia meu filho... Talvez um dia... - o resto

da frase não foi dita, ficou retida

no pensamento.

- Quando arranjar um novo pai para ti.

Fecha o álbum, puxa o rebento para si,

aperta-o, beija-lhe a cabeça e remata:

- Vá, vamo-nos deitar, já é tarde.

Pedro Ventura

Hoje folheando uma revista, encontrei lá este texto, o qual digo desde já me tocou profundamente. Não só pelo conteúdo, mas também pela mensagem que transmite. Será que aquela criança vai ser feliz se a mãe lhe arranjar um novo pai? É certo que a figura paterna faz sempre falta. Eu fui criada sem pai e não deixei de ser feliz por causa disso, revoltada sim, mas já mais crescida entendi as razões da minha mãe. Será que é melhor viver um casamento de fachada só por causa dos filhos? Será que uma criança para ser feliz tem de ter um pai? Que me perdoeem os pais divorciados, mas eu acho que não. Assim, como não precisam da mãe a tempo inteiro para serem homens/mulheres de futuro.

Escrevo estas palavras a pensar no grande homem da minha vida, o meu filho. Porque acima de tudo quero fazer dele um grande homem. A ti meu anjo, vão estas palavras "amo-te mais que tudo na vida".

Da tua mãe 



publicado por blogando-me1 às 16:02
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
|

Terça-feira, 18 de Setembro de 2007
...

 

 

 

 

APENAS UM ABRAÇO!!!

Estou sozinha...

Precisando do teu carinho...

Hoje estou carente...

Desejando tão somente...

Um abraço...

Pode ser bem calminho...

Bem devagarzinho...

Mas que tenha muito carinho....

 

 

Vai não custa nada...

Só desejo que seja verdadeiro...

Que tenha amor e amizade...

Que tenha sinceridade...

 

 

Apenas um abraço...

Estou carente...

Meu dia amanheceu...

Frio e nublado...

Abrace-me por favor...

Quero sentir o teu calor...

Vania Staggemeir


sinto-me: Desiludida

publicado por blogando-me1 às 15:34
link do post | comentar | ver comentários (43) | favorito
|

Quinta-feira, 13 de Setembro de 2007
hoje sinto-me....

 

 

 

 

 

 

Amanhã, começa mais um novo ano lectivo. Começam as minhas dores de cabeça, é o filho que este ano vai ter aulas todo o dia, é os meninos que amanhã chegam de novo e vão fazer todas as barbaridades possíveis, porque é o primeiro dia de apresentação e consequentemente dia das praxes, desde cortar cabelos, pintarem-se uns aos outros e por ai adiante. Será que não estamos mais civilizados para que os paizinhos desses meninos lhes ensinem as regras da boa educação  ? Eu sei que eles não tem culpa do meu mau humor, mas por favor, já basta de faltas de respeito e de educação. Penso eu e já ando nisto há 13 anos, que cada vez mais a nossa juventude esta a perder-se. No meu tempo, bastava dizerem que iamos ao reitor e já não sabiamos onde nos meter, agora??? Ahahahah, agora até nos levam eles pela mão se nós deixarmos. E com isto tudo, hoje sinto-me como o tempo, prestes a desabar uma tempestade. Mas pensado bem, acho que hoje me vai fazer bem apanhar uma chuvada na "carola" para aliviar um bocado. Talvez sentar num banco de jardim e esperar que a chuva venha. Bom meus amigos, agora vou indo. Amanhã é um novo dia. E tenho de estar com a ceça no lugar para enfrentar as criancinhas.



publicado por blogando-me1 às 17:00
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

Sexta-feira, 7 de Setembro de 2007
Pensamento

 

 

 

Pensamento I

 

"Não confundir o amor com a paixão dos primeiros momentos, que pode desaparecer.

O verdadeiro carinho nasce na medida em que os dois estão mais unidos, porque partilham mais. Mas para partilhar é preciso dar. Dar é a chave do amor. Amor significa sempre entrega, dar-se ao outro. Só pelo sacrificio se conserva o amor, porque é preciso aprender a passar por alto os defeitos, a perdoar uma e outra vez, a não devolver mal por mal, a não dar importância a uma frase desagradável, etc. Por isso o amor também significa exceder-se, fazer mais do que é devido."

J.L. Lorda


sinto-me: Triste, cansada e desencantada

publicado por blogando-me1 às 11:51
link do post | comentar | ver comentários (31) | favorito
|

Quarta-feira, 5 de Setembro de 2007
A vida!!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

" Quando a vida te mostrar 1000 razões para chorar,

mostra-lhe que tens 1001 razões para sorrir."

 

A todos aqueles meus amigos que de uma maneira ou de outra me apoiaram neste momento dificíl que passei, quero agradecer pelo apoio que me deram. Neste momento esta tudo bem e até final do ano não há razão para alarmar. São nestes pequenos percalços da vida que se vêm as verdadeiras amizades. E posso dizer que foram mais que muitas. A todos vocês um beijo com muito carinho.

 

 

 

 

 

 


sinto-me: super bem disposta

publicado por blogando-me1 às 11:43
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31



Search Video Codes
posts recentes

Em busca da paz......

...

Desistir ou não...... eis...

A vida continua....

...

Mudança......

Parabéns Pedro

Feliz 2013

Feliz Natal

Parabéns Claudia


Contador site
online
arquivos

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

mais comentados
57 comentários
54 comentários
53 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds