Aqui vou escrever o que me vai na alma...
Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007
O milagre da vida

 

 

 

" O mundo recomeça sempre que nasce uma criança"

 

 

 

 

 

"Estende as mãozinhas,

  Não te deixaremos cair.

  Dá-nos o teu amor e confiança.

  Não te iremos trair.

  Ensina-nos, de novo a alegria de viver"

 

Parece que foi hà uns dias que ouvi dizer "ja nasceram, são 2 meninas, são pequeninas, mas estão bem", e afinal já passaram 18 anos.

Ainda me lembro daqueles dois seres tão pequeninos, tão indefesos, que nasceram num belo dia de verão e que toda a gente gostava de ver passar na rua, lado a lado no carrinho de passeio.

As más noites que deram, as asneiras que fizeram, os sustos que pregaram valeram pelo que hoje elas são.

Ficou decidido que eu seria a madrinha de uma delas, claro que me encheu de orgulho, além de sobrinha ia ser a minha afilhada. Acompanhei praticamente o crescimento delas, é certo que a partir de uma certa altura se tornaram mais independentes, mas havia sempre uma msg, um telefonema para dizer um  "oi".

Bem quando soube que ela, a minha afilhada estava grávida, por momentos foi um choque, se bem que já se esperasse isso, mas depois fiquei feliz, muito feliz mesmo.

Ontem quando vi a foto da eco a 3D, sem ninguém ver chorei. Sim chorei mas foi de alegria, por ver a carinha dele ainda na barriguita da futura mamã. Que sensação tão boa, ver o meu pequenito ali firme como um homem grande.

É o milagre da vida e em parte as novas tecnologias que já nos permitem ver muitas coisas.

Agora hà palpites para o nome, eu gostava de Francisco, Vasco, Simão outros vão por Miguel, André, Tiago, Diogo. Mas seja qual for o nome que lhe venham a pôr, vai ser adorado e amado por todos nos, porque vai ser o nosso menininho pequenino.

A minha alegria é tanta que decidi partilha-la com os meus amigos, para que conheçam desde já o meu menininho.

Parabéns Joana e Bruno


sinto-me:

publicado por blogando-me1 às 14:40
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2007
Renascer

 

 

Sonho... Coisa longínqua, distante da nua, crua realidade...

Há que aguentar... De repente um sonho vira pesadelo...

O mundo acorda, a vida torna-se real, o nada reaparece...

E pensar que um dia eu existi... E saber que um dia eu sonhei...

Retroceder... como?! Voltar a sentir o mundo???

Como agir??? Como sentir???

Presentemente descubro-me num lugar apagado, obscuro, no lixo que toda a gente planeou descartar, na realidade, certeza que ninguém quis defrontar... Enfrentar é o que necessito... Mas tenciono primeiro sentir-me... Sentir-me uma vida e não uma pedra que vai rolando aos pés dos outros...

Quero voltar a nascer, mas desta vez com alma e coração!!!

Quero saber ser, saber amar, saber voar bem alto, mesmo que a queda seja desmedida... não importa... Quero deixar esta carcaça que me envolve e florescer, renascer do pouco que me subsiste cá dentro!

A estrada da vida, encontra-se nua, deserta para mim de momento, como se de um banco de jardim se tratasse a minha presença. O frio incomoda-me, a escuridão está muito carregada, os caminhos que esta rua tem estão embargados por uma densa nuvem negra, que não se desvia... não deixa de ofuscar os corações.

Desespero... Como descobrir o caminho para a nascente da vida?

Os trilhos que se me apresentam são semelhantes!

Se não o encontrar, há que permanecer no interior deste meu "sitío" , a pedra a tal que vai rolando, ao sabor do vento, ao gosto da vontade alheia... contra o desejo próprio que se acha enclausurado, sem alento, dominado pelo que não consegue compreender... Há que resistir...Há que suportar...

Virá o dia em que a ventura pairará sobre este corpo humano meu e o fará viver uma outra existência, repleta de cor, de vida e de satisfação.


sinto-me:

publicado por blogando-me1 às 16:26
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2007
Um dia de cada vez

 

 

 

Pois é, daqui para a frente vou tentar viver um dia de cada vez. Aproveitar ao máximo esse dia, gozar as coisas boas que a vida tem para me dar, os meus amigos, a minha familia e principalmente o meu filho, que no fundo não tem culpa de nada, mas é ele quem sofre.

Depois do "tombo" que levei e  de falar com várias pessoas cheguei à conclusão que não vale a pena ligar a certas pessoas.

Há dias em conversa com uma pessoa fez-me ver várias coisas. Amigos são aqueles que estão lá quando precisamos e nos sabem apoiar, não aqueles que nos dão palmadinhas nas costas e depois nos atraiçoam; amigos são aqueles que ouvem os nossos problemas e nos limpam as lágrimas, não aqueles que não querem saber e que nos estendem um lenço; amigos temos que os saber escolher e não aqueles que nos saem na rifa de uma qualquer feira; amigos são aqueles que nos momentos das nossas fraquezas, nos sabem apoiar e perdoar, pois se até Jesus perdoou, porque não os nossos amigos o fazem também?

E no fim disse-me uma coisa que me tocou bastante, - Olha erras-te não digo o contrário, mas foste uma grande mulher que soubes-te reconhecer e pedir desculpa, quem te compreendeu, esses, sim são teus amigos de verdade, quem não o fez, esquece. Tens um interior lindo e isso é que conta.

Depois desta conversa reflecti muito e pelo menos sinto-me em paz. Maldade é o que há mais neste mundo e quer queiramos ou não temos de saber viver com ela.

Não vou "sacudir a água do capote", assumi os erros e fiquei bem comigo. Amigos, agora contam-se pelos dedos da mão, são poucos mas bons, o resto... bem o resto é paisagem.

Para aqueles que sabem e me entenderam, o meu obrigado, porque quando precisei estavam lá, o resto nem comento, é estar a dar importância demais a quem não a tem.



publicado por blogando-me1 às 15:32
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2007
...

" Tudo é vaidade neste mundo vão...

   Tudo é tristeza, tudo é pó, é nada!

   E mal desponta em nós a madrugada,

   Vem logo a noite encher o coração!

 

   Até o amor nos mente, essa canção

   Que o nosso peito ri à gargalhada,

   Flor que é nascida e logo desfolhada,

   Pétalas que se pisam pelo chão!...

 

   Beijos de amor! Pra quê!... Tristes vaidades!

   Sonhos que lgo são realidades,

   Que nos deixam a alma como morta!

 

   Só neles acredita quem é louca!

   Beijos de amor que vão de boca em boca,

   Como pobres que vão de porta em porta!...|

 

   Florbela Espanca


sinto-me:

publicado por blogando-me1 às 15:26
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2007
No fim da linha

 

 

Por aqui passaram algumas alegrias, tristezas e outras coisas mais.

Agora encerro aqui um capitulo da minha vida, triste, doloroso, mas que com ajuda vou superar.

Vou tentar recordar os momentos bons que ficaram e levar a vida para a frente.

Até breve,



publicado por blogando-me1 às 07:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sexta-feira, 5 de Janeiro de 2007
No caminho do amor....

 

„No caminho do amor“

 

 

Ele irà começar com qualquer desculpa maluca

E o teu sorriso irà sorrir-lhe

Irà pedir-te para sair em voz baixinha

E em voz baixinha tu diràs que sim…

 

Iràs contar à tua amiga predilecta..

Todas as coisas que faràs com ele

Adormeçes com o telefone ao lado

E quando toca, que felicidade….

 

Cresceràs com ele..

Dia a dia com os beijos que te dà

Voltas tarde com ele

E por culpa dele iràs ter problemas em casa

Choraràs por ele

Por uma mentira que não te soube contar

Morreràs por ele

Por causa do ciume que vos farà abraçar

Procuraràs a paz num abraço

E um beijo vos irà perdoar

Correràs para ele

Quando te sentires em baixo

Falaràs com ele

E ele irà abraçar-te ainda mais

Vais procurar com ele

Um lugar na tranquilidade

Iram rir os dois

E nascerà um novo dia….

 

No caminho do amor….

Iràs despir-te sem vergonha

E na cama do bem

Tu choraràs de verginidade…

 

Compraràs com ele….

O primeiro berço e o biberão

E quando ele for papà

Irà amar-te ainda mais

Desfolharàs com ele

As fotos da juventude

E iràs esconder

A primeira ruga da idade

 

No caminho do amor…..

Iràs ter uma casa e um trabalho

Dias de chuva e de sol

E uma estrela no coração

 

E assim continuarà

Porque o caminho do amor

 

Não tem fim…..

 

 

 

 

Mané

 

 

 



publicado por blogando-me1 às 13:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007
Se.............

 

Vivemos momentos intensos,

Repletos de sentimentos imensos.

Disses-te coisas que não querias,

Fingis-te sentir o que não sentias,

Ouvis-te quem não devias,

Decidis-te o que não querias.

Tudo, porque não soubeste falar,

Tudo, porque não soubeste ouvir!

Deixas-te o tempo passar,

Sem saberes o que estavas a sentir,

Terias poupado tanta dor,

Se soubesses o que era o amor,

Terias evitado sofrimento,

Se percebesses esse sentimento!

Mas já tudo aconteceu,

E esse sentimento quase morreu!

Agora (acho) não o quero reanimar,

Vou deixa-lo andar.

Vou continuar a viver.

Vou continuar a aprender,

A aprender a amar!

O que tiver que ser, será!

Mas se for para voltar,

Que volte mais forte!

Se for para me deixar,

Que nunca mais volte!

Só peço que seja em breve,

Pois a minha alma já não sabe,

Para que escreve,

Para quem escreve,

Porque escreve!

Sinto-me perdida,

Como um barco sem rumo.

Dissipando-me no ar como fumo.

Recordo o já vivido,

E tento encontrar,

De onde poderei começar,

Ninguém me pode ajudar,

Porque ninguém me percebe!

Porque ninguém me vê!

Porque ninguém me sente!

Porque ninguém me entende!


sinto-me:

publicado por blogando-me1 às 08:34
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31



Search Video Codes
posts recentes

Em busca da paz......

...

Desistir ou não...... eis...

A vida continua....

...

Mudança......

Parabéns Pedro

Feliz 2013

Feliz Natal

Parabéns Claudia


Contador site
online
arquivos

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

mais comentados
57 comentários
54 comentários
53 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
51 comentários
49 comentários
tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds